Fenahall se despede neste fim de semana com promoções, bons números e seguindo rigorosamente protocolos sanitários

15 de Janeiro de 2021 10h56

A 18ª edição da Feira Nacional de Artesanato (Fenahall) chega ao fim neste domingo (17). As promoções, que já viraram tradição do último dia, este ano foram antecipadas para esta sexta-feira (15), com objetivo de evitar um grande fluxo de visitantes no último dia. Os expositores prometem descontos de até 50%. Apesar da feira de negócios ter recebido simultaneamente até 435 pessoas - metade do que foi permitido pelo Governo de Pernambuco, de acordo com a área total da Fenahall - os expositores se surpreenderam com o bom movimento, muitos deles chegaram a vender mais do que nas últimas edições. "Diariamente recebemos o feedback dos artesãos. Se engana quem acha que o público menor prejudicou o faturamento. O sentimento já é de missão cumprida", explicou Leonardo Cavalcanti, coordenador da feira. Segundo a organização do evento, a edição deste ano teve cerca de 1000 empregos diretos e 2000 indiretos, além de uma movimentação financeira de aproximadamente de R$1 milhão. Bons números para um ano atípico. Provando que é possível o setor retomar às atividades de forma responsável, priorizando os cuidados sanitários. Uma série de medidas foram feitas no formato da feira para garantir a segurança dos visitantes e dos expositores. Os corredores da Fenahall este ano estão mais amplos, têm sentido único e contam com pias e estações de higienização. Além disso, uma equipe vem realizando o controle do número de pessoas circulando em cada área. No acesso à feira, também está sendo obrigatório a aferição de temperatura e o uso de máscara e álcool em gel. E antes da abertura dos portões, todos os ambientes estão sendo desinfectados com auxílio de um equipamento que mata todas as partículas virais. Os grandes shows ao final de cada noite, que era uma marca da Fenahall, não estão sendo realizados, como também o espaço kids e o traslado com vans do Shopping Tacaruna ao Classic Hall. A organização também tem incentivado o uso do cartão de crédito e débito, ao invés do dinheiro, a venda dos ingressos na bilheteria está sendo sem contato físico e todos os estandes contam com álcool em gel. Outra novidade está sendo a opção das vendas digitais. O público que não quiser circular pelos estandes, pode acessar a plataforma da feira e adquirir os produtos de forma online. A retirada dos mesmos está sendo feita através do sistema de drive-thru, na área externa do Classic Hall. A Fenahall segue até este domingo (17), das 14h às 21h, no Classic Hall, em Olinda. Os ingressos custam R$ 6 (meia-entrada) e R$ 12 (inteira) Foto: Luiz Fabiano / Divulgação