Mateus Solano e Miguel Thiré em “Selfie” no Teatro Guararapes

15 de Maio de 2018 14h

Selfie, em inglês, é um neologismo com origem no termo “self-portrait,” que significa “autorretrato” e dá nome às fotos clicadas por aparelho celular e compartilhadas na internet. Em 2013, selfie foi eleita a palavra do ano, segundo o blog da Oxford University Press, ligado à universidade inglesa de mesmo nome. Esta escolha foi motivada pela constatação de que o verbete cresceu 1.7000% em 2013, o que confirma seu status de uma das palavras mais procuradas em um ano. O fenômeno estimulou e inquietou o produtor Carlos Grun, que se uniu aos atores Mateus Solano e Miguel Thiré, parceiros artísticos de longa data (desde 2007, quando atuaram na comédia "Dois Pra Viagem", também concebida por eles), para refletir – e rir de tudo isso através da criação teatral da comédia "Selfie", que chega ao Teatro Guararapes dia 19 de maio, com patrocínio do Grupo Bradesco Seguros e realização da Bem Legal Produções. Ingressos já à venda a partir de R$ 27. Para dar forma ao desejo do trio, o ator, autor e diretor Marcos Caruso foi convidado a dirigir a comédia, cujo texto foi criado por Daniela Ocampo, roteirista do programa "Tá no Ar: a TV na TV", de Marcelo Adnet e Marcius Melhem. Desde que estreou, em outubro de 2014, “Selfie” já teve mais de 250 apresentações e 250 mil espectadores em três anos de sucesso no Brasil, Estados Unidos e Portugal. No Recife, lotou três sessões no Teatro RioMar, em 2015. Reflexões e indagações acerca dos valores sociais e morais contidos nos meios de comunicação; relações distorcidas entre pessoas e o que elas buscam com essas exposições; interferência avassaladora da tecnologia na comunicação, num tempo em que mais se tecla do que se fala; pessoas fotografando continuamente a si mesmas, registrando o passo a passo de suas rotinas. Esta observação do comportamento contemporâneo foi o ponto de partida de Mateus Solano e Miguel Thiré para a criação de uma comédia ágil e dinâmica, em que os atores interpretam diversos personagens facilmente reconhecíveis por todos nós. Marcos Caruso, que trabalha pela primeira vez com a dupla, se entusiasma pela discussão e pelo processo criativo propostos por Mateus e Miguel: “O que me move para aceitar um trabalho no teatro é a paixão por uma ideia. Dirigir "Selfie" me proporciona discutir um tema extremamente contemporâneo. O excelente texto de Dani Ocampo, as deliciosas e impecáveis interpretações de Mateus Solano e Miguel Thiré, somados à qualidade da equipe que compõe este espetáculo, levam a plateia a momentos de muita diversão, emoção e reflexão sobre uma questão fundamental da sociedade atual.” Ingressos: Plateia Especial: R$ 104 (inteira) e R$ 52 (meia) Plateia: R$ 84 (inteira) e R$ 42 (meia) Balcão: R$ 64 (inteira) e R$ 32 (meia) Balcão Promocional: R$ 54 (inteira) e R$ 27 (meia) - para os primeiros 200 ingressos